Falta de organização da prefeitura prejudica a Educação em Caxias

fevereiro 21, 2019 0
O prefeito de Caxias MA Fábio Gentil e a Secretária Municipal de Educação Ana Célia, neste ano de 2019 quiseram roubar os 200 dias letivos dos alunos da rede municipal, um verdadeiro crime.

Quem não lembra do ano passado o crime que eles cometeram contra os filhos dos trabalhadores? Enceram o ano letivo em 30 de novembro.

O Sindicato denunciou e o Promotor recomendou ao Município que garantisse aos educando os 200 dias letivos como determina a LDB Lei 9.394/1996 a Secretária de Educação respondeu ao Promotor Francisco de Assis que as aulas iriam até o dia 21 de dezembro, mas ressalvou que muitas escolas que já haviam concluído suas carga horária iriam encerrar as aulas em novembro.

Neste ano de 2019 o governo tentou cometer o mesmo crime contra os alunos e professores, iniciando o ano letivo em 18 de março, já imaginou o absurdo?

O Conselho Municipal de Educação (CME) recebeu o calendário da secretária, aprovou o mesmo com ressalva, e encaminhou ofício solicitando que as aulas iniciassem em 11 de fevereiro.

A Câmara Municipal de Caxias MA também recebeu o calendário escolar com início das aulas em 18 de março, mas como esta Entidade é uma Vergonha, disse amém!

Mas os Professores em Luta denunciaram o atraso das aulas aos quatro (4) cantos da cidade através da Rádio Alternativa, carros de som, redes sociais, ocupando a prefeitura e a praça do Panteon de segunda a sexta-feira no mês de janeiro e fevereiro de 2019.

Após muitas denúncias, inclusive no Conselho do FUNDEB hoje, com isto, saiu outro calendário com o início das aulas em 25 de fevereiro, a resistência dos professores em luta se mantém firme na defesa da Educação de Caxias MA.

0 Comentarios "Falta de organização da prefeitura prejudica a Educação em Caxias"