Maranhão tem mais de 10 vencedores no 4° concurso de redação da Defensoria Pública da União

fevereiro 24, 2019 0
Com música, canto, e discursos emocionados, foi realizada na última sexta-feira (22) a premiação do 4º concurso de redação promovido pela Defensoria Pública da União. A solenidade foi realizada no auditório central da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Dos 12 vencedores, divididos em três categorias, 11 são estudantes oriundos de escolas da Rede Estadual de Ensino.
O evento foi iniciado com a bela apresentação do Coral ‘Verso da Vida’, formado por mulheres em situação de privação de liberdade no sistema prisional brasileiro e estudantes do Centro de Ensino João Sobreira Lima, que fica em Pedrinhas.
“Primeiro nós temos que celebrar essa iniciativa da Defensoria Pública da União, que promoveu esse concurso de redação sobre justiça e acesso aos direitos humanos e, segundo, celebrar essa grande vitória da nossa rede estadual, que sai com onze redações vencedoras. Isso só reflete o esforço e os resultados que estamos obtendo sob a liderança do governador Flávio Dino. É a educação oferecendo cada vez mais oportunidades para a juventude. Nós encerramos a semana com muita alegria e com mais este reconhecimento público para cada jovem que participou e ganhou. Parabéns a todos”, celebrou o subsecretário de Estado da Educação, Danilo Moreira.
O tema de 2018 foi “Promoção dos Direitos Humanos e a garantia do acesso à Justiça” e participaram do concurso 8.680 estudantes de todo o Brasil.
Na categoria ‘Redação I’, os três vencedores são estudantes do Colégio Militar Tiradentes 1, da rede pública estadual. O destaque foi para Kalynne Santos, 15 anos, atualmente estudante da 1° série do ensino médio que ganhou o 1° lugar na categoria de estudantes do 6° ao 9° ano fundamental e estudantes da modalidade jovens e adultos – EJA.
“É muito importante receber esse prêmio hoje, porque quando a gente escreve a redação não imagina que vai chegar a esse ponto e ganhar um concurso e quando chega a gente fica muito emocionada porque tudo valeu a pena”, disse emocionada a jovem Kalynne.
Para o gestor do Colégio Militar Tiradentes 1, Coronel Brandão, o resultado é reflexo do bom trabalho desenvolvido na escola.
“A gente fica muito feliz de receber essas premiações porque é o reflexo do trabalho desenvolvido pela escola, pela direção pedagógica, professores e também pelo conhecimento adquirido pelos nossos estudantes, em um tema muito importante que é direitos humanos”, afirmou o coronel Brandão.
“Esse projeto busca fazer com que os alunos conheçam e busquem seus direitos e reflitam sobre os mesmos. E os nossos estudantes do Maranhão estão provando que sabem escrever muito bem e inclusive ganharam nas quatro categorias que participamos. Para mim, como coordenadora do projeto, fico muito feliz que ele alcançou o objetivo esperado”, ressaltou a coordenadora do projeto Rachel Bonfim.
Vencedora e bi-campeã na categoria ‘Redação IV’, que engloba estudantes em situação de privação de liberdade, Thamires Oliveira vê o concurso como oportunidade de ver a família e participar de algo que traga satisfação e orgulho.
“Ganhei em primeiro lugar em 2017 e agora em primeiro lugar de novo em 2018. É uma satisfação muito grande ter a minha família ao meu lado, todas as pessoas que contribuíram para que esse projeto acontecesse, estou muito feliz e agradecida”, declarou Thamires.
Foram vencedores também os estudantes Maria Sabrina Cantanhede (2º lugar), e Rafael Araújo (3º lugar) – categoria Redação 1; Yasmin Oliveira Ferreira (1º lugar), Izamell Leite (2º lugar) e Thais Santos (3º lugar) – categoria Redação II; Ana Valquíria (1° lugar), Yasmin dos Santos (2º lugar) e Jamile dos Santos (3° lugar) – categoria Redação III; Rosa Maria Santos (2° lugar) e Roseana Gaioso (3° lugar) – categoria Redação IV.
Fonte: Seduc
Texto: Nayara Vieira
Fotos: Antônio Martins

0 Comentarios "Maranhão tem mais de 10 vencedores no 4° concurso de redação da Defensoria Pública da União"