Falta de compromisso | Câmara de Vargem Grande inventa ponto facultativo para cancelar sessão após meses de recesso

março 08, 2019 0
Nas últimas eleições municipais a Câmara de Vereadores de Vargem Grande teve uma grande renovação, mas apenas o surgimento de nomes diferentes não é garantia de que outras formas de atuação parlamentar substituirão as velhas práticas já arraigadas na política.

Em Vargem Grande a “nova forma de fazer política do grupo G7 não tem agradado muito a população, os vereadores que compõe o grupo se retiraram de uma sessão e se abstiveram na votação de um importantíssimo projeto para a contratação de funcionários temporários para os serviços públicos essenciais ao município.

Outro fato que chamou a atenção foi o cancelamento da sessão ordinária dessa sexta-feira (08), através de ofício emitido pelo presidente da Câmara, alegando ponto facultativo ao dia Internacional das mulheres, e também segundo as palavras do ofício, para agraciar as servidoras e vereadoras. É importante lembrar que não existe ponto facultativo previsto por lei nesta data e não temos conhecimento de alguém realizá-lo.
Na maioria das casas legislativas, seja na esfera municipal, estadual ou federal, em datas como essa, é de praxe realizar sessão solene até mesmo com café da manhã e entrega de flores para homenagear as mulheres, não somente as servidoras, mas sim a todas as mulheres, seja do estado ou município.

Os nobres parlamentares tiveram recentemente meses de recesso, além do feriado de carnaval que impossibilitou a realização da última sessão. Nas redes sociais muitas pessoas perguntaram é preguiça ou ressaca”?.

O papel do vereador em Vargem Grande, muitas vezes se resume ao clientelismo de prestar “favores” aos eleitores: um emprego, um milheiro de telhas, uma carrada de areia, uma vaga para atendimento no serviço público de saúde, e por aí vai. Mas vocês sabem como os parlamentares realmente deveriam agir para tornar seus mandatos mais relevantes para a sociedade?

Hoje em dia a maioria dos vereadores de Vargem Grande estão divididos entre os seus próprios interesses, isso tem empobrecido o Legislativo municipal. Outro exemplo é: O vereador conhece o cara que precisa de um remédio e arranja o remédio, conhece alguém precisa de cimento e arranja o cimento, isso leva as pessoas a interpretarem errado a função de vereador.

Então caros leitores do Portal do Maranhão, o momento do voto é importante para a participação política, mas a etapa seguinte é igualmente decisiva: hora de fiscalizar os eleitos. Não adianta só reclamar, é necessário acompanhar o que acontece depois da eleição.

0 Comentarios "Falta de compromisso | Câmara de Vargem Grande inventa ponto facultativo para cancelar sessão após meses de recesso"