Ultimas

sexta-feira, 3 de maio de 2019

DOIS ANOS SEM CARLOS MAGNO | Em homenagem Sargento da PM teve o nome inserido em Estádio e escolinha de futebol na cidade de Nina Rodrigues.

O Sargento Carlos Magno como era conhecido, nasceu no dia 30 de dezembro de 1969 no município de Nina Rodrigues. Filho de Mateus Benedito Costa e Anderlina Cantanhede Braga Costa, desde pequeno sempre gostou de esportes, até pensou em ser esportista, mas acabou seguindo sua outra paixão e entrou para o quadro da Polícia Militar em 1988.

Mesmo trabalhando na PM, Magno sempre encontrou tempo para o esporte, inclusive marcou diversos eventos esportivos com amigos de fardas entre outros colegas da região. O PM Cavalcante que trabalhou durante muitos anos com o Sargento, era um dos seus melhores amigos e sempre estava presente nos jogos, vindo a sentir muito sua falta após o ocorrido.
Muito querido por todos, Magno deixou a esposa Professora Demasia e quatro filhos, sendo duas Mulheres e dois Homens, após falecer no dia 03 de maio de 2017 no auge dos seus 47 anos de idade, seis meses depois de ser diagnosticado com leucemia.

Como todos sabiam da sua paixão por esportes, principalmente por futebol, os vereadores de Nina Rodrigues por iniciativa da presidente da Câmara Cita Braga que é irmã de Magno - através de um projeto aprovado na Câmara e executado pelo Prefeito Rodrigues da Iara - decidiram homenagear o ilustre sargento dando seu nome a uma escolinha de futebol implantada no município, e também a um campo denominado Estádio Municipal que fica as margens da praia dos amores.

Nesta data de hoje, 03 de maio, já se fazem dois anos sem Carlos Magno, sua família e amigos estão realizando uma visita ao seu túmulo e logo em seguida a inauguração da escola de futebol.
SOBRE SUA MORTE

Após sentir-se mal, o mesmo procurou um hospital e depois de realizar vários exames, foi diagnosticado com "leucemia", (Um tipo de câncer do sangue e da medula óssea em que há um excesso de glóbulos brancos imaturos).

Depois de seis meses de tratamento, Magno nao resistiu e acabou falecendo. Seu amigo Cabo Josiel foi quem o levou para o Hospital no ápice de uma crise, onde permaneceu até a chegada dos familiares. Josiel foi um dos que mais sofreram com a perca do amigo.

O BLOCO

Carlos Magno era um Homem muito alegre e brincalhão, gostava de eventos com a família e amigos, inclusive vários churrascos foram realizados em sua residência. 

Há alguns anos surgiu através de uma brincadeira o bloco carnavalesco "CONCENTRA MAIS NÃO SAI", que tinha como sede a residência do Sargento. O bloco concentrava-se também - além do período do carnaval - no dia 30 de dezembro na data do seu aniversário que, conscidentemente é o mesmo dia do aniversário da cidade de Nina Rodrigues.

Após a sua partida os amigos e familiares deram continuidade ao bloco, fazendo movimentos todos os dias 30 de dezembro e também durante o carnaval do jeito que Magno fazia em vida. A concentração agora é no bar do seu irmão conhecido por "Dão" as margens do rio que corta a cidade.

Vale ressaltar que o nome "CONCENTRA MAIS NÃO SAI" foi dado pelo motivo mais óbvio; entenda: Todos os anos os participantes faziam a concentração na residência do Sargento, porém, não saiam de lá, por esse motivo batizaram o bloco com esse nome.

Um comentário:

  1. Muitas lembranças boas dele,realmente ele era alegre e brincalhão, ainda não acredito que ele não está mais aqui.Que Deus o tenha em sua glória.Pessoas assim não morrem,são eternizadas pelos seus exemplos e pelo seu legado deixado para os que ficam.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2019 PORTAL DO MARANHAO
Traduzido Por: Luzimar Rodrigues