Ultimas

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Avião que levou Gabriel Diniz a morte tinha 45 anos de fabricação e estava proibido de transportar passageiros


O avião Piper Aircraft, modelo PA-28-180, que caiu com o cantor Gabriel Diniz e mais dois no litoral de Sergipe nesta segunda-feira (27), tinha 45 anos de fabricação e não possuía autorização para transportar passageiros, ou seja, fazer táxi aéreo. A aeronave só poderia ser utilizada para fazer instrução de pilotos em formação.


De acordo com a documentação obtida pelo Portal do Maranhão, o avião era de propriedade do Aeroclube de Alagoas, desde o ano de 1988 e estava com a documentação em dia, que tinha validade até 2023.



Ao pegar o voo nesta segunda-feira, Gabriel Diniz gravou um vídeo e citou o empresário Jonas Lyra, que provavelmente estaria entre os que intermediaram o uso da aeronave para que o cantor pudesse voar.



O avião saiu da Bahia e estava em direção a João Pessoa na Paraíba…

Postar um comentário

 
Copyright © 2019 PORTAL DO MARANHAO
Traduzido Por: Luzimar Rodrigues