quarta-feira, 24 de junho de 2020

Abstinência de dinheiro público faz oposição de Vargem Grande criar "Gabinete do ódio" para atacar o Prefeito e aliados.

Falar sobre a política de Vargem Grande é um tanto quanto complicado, pois a população está cada vez mais politizada e com a ascensão das redes sociais surgem diversos atritos pelas divergências de opiniões.

O problema se dá quando a oposição, de forma irresponsável, usa os mais diversos meios de comunicações para atacar tudo e a todos, inclusive até mesmo obras e benfeitorias são motivos de criticas pelos "opositores".

Recentemete membros ligados diretamente ao grupo 15 vem criticando todas as obas iniciadas, inauguradas e as que foram anunciadas para serem feitas, tudo na tentativa desesperada de "queimar" a gestão e voltar ao poder. 

Há quem diga que, os mesmo estao com "Abstinência de dinheiro público". 

Um fato que se confirma a cada ataque que é feito as obras e ações que beneficiam o povo, ou seja, eles querem vender a ideia de que, tudo que o Prefeito CB faz é para benefício próprio. Mas, a população é esperta e sabe que os únicos beneficiados são os próprios munícipes.

O que nos resta é ficar de olho nesses falsos profetas que prometem tudo afim de voltar ao poder e, como de costume, desviar verbas públicas como é o caso do ex-prefeito Dr. Miguel Fernandes, acusado de desviar milhões da saúde e educação de Vargem Grande.
Abaixo uma denúncia do Ministério Públicos sobre desvio na gestão 15.



Com um líder desses, com certeza os discipulos estão no mesmo caminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário