Ultimas

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Márcio Jerry aposta que justiça será feita no caso Queiroz e pede “fora Bolsonaro”

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) comentou nesta sexta-feira (10) a situação de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e apontado como elo entre o filho do presidente República e a milícia carioca.

“Queiroz em casa com Márcia, a foragida. Bolsonaro momentaneamente aliviado com o amigo fora da prisão. Mas isso não resolve o essencial: o esquema criminoso será de todos conhecido. E a Justiça será feita”, afirmou o deputado.

Na quinta, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) concedeu prisão domiciliar para Queiroz, preso no dia 18 de junho por suspeita de chefiar um esquema de desvio de dinheiro público na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio). O benefício também se estende para Márcia Oliveira de Aguiar, esposa de Queiroz, que está foragida há três semanas.

Amigo de longa data de Jair Bolsonaro (sem partido), Queiroz é suspeito dos crimes de peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e organização criminosa. Ele foi preso na casa do advogado Frederick Wassef, que até então afirmava representar o presidente e transitava livremente pelos bastidores do Planalto.

"Presidente emite sinais visíveis de profunda preocupação desde a prisão do amigo dele que é mui amigo dos milicianos, o relógio-bomba Fabrício Queiroz. Tenta ganhar tempo pra escapar impune. Não conseguirá”, completou Márcio Jerry.

Postar um comentário

 
Copyright © 2019 PORTAL DO MARANHAO
Criado Por: Luzimar Rodrigues