Ultimas

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

BOMBA | Aluísio Mendes trás à tona a perda dos direitos políticos e a condenação de 04 anos de detenção de Detinha.

A utopia da deputada  estadual Detinha (PL) e do esposo, o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL), de chegar ao Palácio La Ravardiére foi por água baixo de vez.

O Supremo Tribunal Federal decretou em trânsito em julgado uma ação contra Detinha, referente ao período que foi prefeita do município de Centro do Guilherme (entre os anos 2009 e 2016).

A ex-prefeita e atual deputada estadual foi condenada a quatro anos de detenção e à perda dos direitos políticos. A decisão, que não cabe mais recurso, foi comentada pelo deputado federal Aluísio Mendes (PODE), durante sua fala na Câmara Federal.

De acordo com o parlamentar, Detinha foi condenada em todas as instâncias na Justiça Estadual e havia recorrido ao STF pedindo socorro jurídico. Mas, não teve êxito.

Aluísio frisou que a decisão da corte é muito importante porque sinaliza aos prefeitos daquela região que os recursos públicos destinados à população para atender a saúde, educação, merenda escolar têm que ser usado nesse sentido.

“Essa é a resposta que a Justiça tem dado. E que aqueles prefeitos que sofrem influência desse grupo político, como Carutapera, Zé Doca, Araguanã e várias cidades daquela região, que atentem bem. Porque se o senhor Josimar do Maranhãozinho fez isso com a sua esposa, o que fará com eles?”, alertou Aluísio.

CLIQUE E VEJA O DISCURSO DO PARLMENTAR:

Postar um comentário

 
Copyright © 2019 PORTAL DO MARANHAO
Criado Por: Luzimar Rodrigues