Ultimas

quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Márcio Jerry diz que “Bolsonaro ideologizou a vacina” e defende processo impeachment.


Em entrevista à Rádio Timbira na terça-feira (22), o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) criticou a maneira como Jair Bolsonaro (sem partido) está conduzindo a crise do coronavírus e defendeu os pedidos de impeachment contra o presidente.


“A negligência de Bolsonaro provoca mortes. Esta é a dura realidade. Nós temos vários casos de crime de responsabilidade desse acidente histórico chamado Bolsonaro. É uma pessoa completamente desqualificada, absolutamente distante do que é a instituição presidência da República. Lamentamos isso profundamente”, disse o parlamentar.


Além das declarações polêmicas de Bolsonaro, que chamou o a pandemia de “gripezinha” e “resfriadinho”, Jerry recordou que o Brasil foi um dos últimos países a ter um plano de contingenciamento contra o coronavírus.


“No Brasil, o presidente se colocou no papel de aliado da Covid-19. Uma boçalidade sem tamanho enquanto as pessoas morriam. A vacina ele ideologizou, politizou, enquanto o mundo inteiro vai se vacinando. Nós já temos mais de um milhão de imunizados nos Estados Unidos, não temos nenhum no Brasil”, comentou.


Impeachment


Segundo Márcio Jerry, a Câmara dos Deputados não pode ser contra qualquer tipo de investigação contra Bolsonaro. A eleição da mesa diretora da Casa está marcada para o dia 1º de fevereiro de 2021.


“Nós temos um compromisso com o grupo que foi constituído, de respeito às prerrogativas da Casa, entre as quais está a de instaurar processo de impeachment e de respeito do funcionamento democrático e independente do Legislativo. Esse é o nosso compromisso”, disse.


O grupo citado por Márcio está sendo chamado de “bloco da  oposição” e conta com apoio de mais de 280 deputados. Entre os partidos estão PCdoB, PT, PDT, PSB e Rede, enquanto o PSOL adiou sua posição.

Postar um comentário

 
Copyright © 2019 PORTAL DO MARANHAO
Criado Por: Luzimar Rodrigues