terça-feira, 13 de abril de 2021

100 dias da segunda gestão do prefeito Assis Ramos garantem crescimento e inovação da rede municipal de ensino

 

Em apenas três meses de governo do segundo mandato da Gestão Assis Ramos, a Educação de Imperatriz acumula saldos positivos, em fase de avanços estruturais e pedagógicos. Nesta terça-feira, 13, a Secretaria Municipal de Educação, Semed, entregou a primeira sala multiuso, completamente montada na Escola Municipal Wady Fiquene. 


A ferramenta pedagógica será usada em todas as séries como material interativo e reforço metodológico para o trabalho em sala de aula de forma prática, com estímulo à aprendizagem de todas as áreas do conhecimento, tais como ciências exatas, da natureza e linguagens.  




Outro recurso pedagógico que chega às unidades de ensino são os kits didáticos sobre a Covid-19, com livros específicos para o professor, aluno e família. Conteúdo será trabalhado em sala de aula, pela plataforma virtual, a fim de orientar e reforçar as medidas de prevenção na pandemia.


Atrelado a isso, agora falando em estrutura, nesses 100 primeiros dias, a gestão Assis Ramos entregou à comunidade escolar oito instituições escolares completamente modernizadas, com estruturas reformadas, ampliadas e climatizadas. Estão prontas para receber os alunos quando possível o retorno às aulas presenciais.


Na ordem são elas, as escolas Antônio Leite, Santa Laura, Princesa Isabel, Santa Tereza, Professor José Queiroz e Castro Alves I. Com reformas concluídas, aguardando serem inauguradas, estão as ampliações da Escola Juscelino Kubistchek, no povoado Petrolina, e a Escola Presidente Costa e Silva, essa completamente reconstruída.   


“Temos ainda as escolas que passam por reforma, as mais emblemáticas nesse momento são as escolas Marly Sarney, Giovanni Zanni, Parsondas de Carvalho e a finalização da Creche do Bom Jesus. Para reforçar o patrimônio do Município, na segunda-feira concluímos a aquisição do imóvel onde funciona a Escola Santos Dumont. O trabalho não para”, ressalta José Antônio Pereira, secretário de Educação.  


Além disso, no preparo das atividades letivas de 2021, a Semed manteve o processo de matrícula online que ocorreu em duas etapas, primeiro para Educação Infantil, com mais de mil novas matriculas; seguida do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). 




A volta às aulas ocorreu completamente pela plataforma de aulas não presenciais. O encontro pedagógico, as formações continuadas dos professores, bem como a posse dos eleitos para gestão das escolas municipais, tudo foi realizado de forma virtual em razão da pandemia.

“Adequamos o serviço público ao momento vivido, porém sem retroceder em nenhum aspecto. Pelo contrário, temos avançado e aproveitado as oportunidades de crescimento e evolução da Educação”, destacou o prefeito Assis Ramos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário