segunda-feira, 26 de abril de 2021

Prefeitura de Imperatriz desmente fakenews e esclarece que não houve aplicação de doses vencidas da vacina contra covid-19.


Segundo levantamento, o problema envolve três lotes (4120Z001, 4120Z004 e 4120Z005) da vacina produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford fabricadas na Índia e importadas prontas pelo Brasil. 


Destes lotes, Imperatriz recebeu apenas o lote 4120Z005 no dia 03/02/2021, com 2.690 doses (269 frascos) que venceria em 14 de abril. No entanto, todas as doses foram aplicadas até 28 de fevereiro de 2021 em trabalhadores de saúde, paciente dialítico e paciente oncológico; portanto, dentro do prazo de validade.


Salientamos que todos os lotes utilizados encontram-se com a data de validade correta. E Lembramos ainda que as doses quando chegam são verificadas e aplicadas de imediato, ficando pouquíssimo tempo em estoque.


Ressaltamos ainda que a Secretaria Municipal de Saúde tem um controle interno de recebimento e aplicação, o que evita que eventualidades desse tipo ocorra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário