terça-feira, 1 de junho de 2021

Felipe Camarão é a 'Carta na manga' do Governador Flávio Dino.


Com o nome incluído em todas as listas de sucessor do agrado do governador  Flávio Dino (PCdoB), o secretário de Educação, Felipe Camarão (atualmente no DEM), pode chegar ao PT até o fim do ano.

A articulação, que agrada ao Palácio dos Leões, transformaria Camarão em uma espécie de coringa de Flávio Dino pára as eleições de 2022.

Ele comporia uma chapa majoritária, provavelmente a do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) – embora seja mais popular que o próprio tucano.

– Por ora, só conversas – admitiu Camarão, semana passada, ao blog Marco Aurélio D’Eça.

O blog apurou também que a entrada do secretário de Educação no PT tem o apoio da direção estadual, mais alinhada ao governo Flávio Dino – e mais submissa às orientações do Palácio dos Leões.

Mas a chapa Brandão/Felipe enfrenta resistência de petistas mais puristas, por dois motivos principais:

1 – consideram uma humilhação ao PT que se filiem pessoas não-orgânicas apenas para apontá-los como representantes do partido no governo;

2 – a aliança com o PSDB de Brandão é vista de forma negativa, por causa dos ataques proferidos a Lula pelo governador  de São Paulo, João Dória – embora outros tucanos já admitam aproximação com os petistas.

De qualquer forma, a movimentação em torno de Felipe Camarão ressaltam sua condição de principal auxiliar político do governador.

Com força para ser o que muitos outros auxiliares sonham ser…


Do blog do Marco D'Eça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário